30 anos de Viena até Agosto no Museu

19 maio 2017
Publicado por 
Exposição temporária “V” abre ao público no dia 22 maio, na Sala Multiusos

A conquista da Taça dos Campeões Europeus de 1987 foi o maior acontecimento da história do FC Porto. Quando passam três décadas sobre a vitória do Dragão frente ao Bayern de Munique, a exposição temporária V – 30 Anos de Viena percorre o caminho azul e branco até à célebre final do “calcanhar de Madjer”. De 22 de maio a 27 de agosto, e com um olhar exclusivo para a coleção privada do presidente Jorge Nuno Pinto da Costa, a mais bela valsa de sempre descobre-se a partir da Sala Multiusos do Museu.


Interpretar a conquista em Viena é fugir ao circunstancial, porque a vitória portista sobre o Bayern não foi uma mera confluência de felicidades num jogo de tudo ou nada. Nesta exposição temporária, o Museu evidencia, precisamente, as etapas de um processo de cinco anos que resultou no erguer do troféu na noite mágica de 27 de maio de 1987.

A história iniciou-se em 1982, com a primeira eleição de Pinto da Costa como presidente do clube e a consequente ativação de um plano de gestão fundamental para um futuro sem precedentes na memória portista. O caminho para Viena foi um trajeto de importantes decisões, e descobri-las ou revê-las faz parte do processo interpretativo da campanha europeia de 1986/87.

Vitória, valsa, vanguarda, visão são palavras e conceitos presentes no discurso de V - 30 Anos de Viena, que leva à Sala Multiusos um olhar pormenorizado e vivo sobre os nove jogos realizados pelo FC Porto na Taça dos Campeões de 1987, mas sem dispensar a riqueza de uma visita à exposição permanente do Museu, onde o troféu conquistado há 30 anos faz parte da coleção dos sete títulos internacionais que se descobrem na área temática Brilho Universal.

V - 30 Anos de Viena estabelece ainda outras ligações à memória azul e branca, revelando peças saídas das reservas do Museu e, de um modo ainda mais exclusivo, uma seleção de objetos de Jorge Nuno Pinto da Costa. A exposição também é, assim, um olhar inédito para uma mostra da coleção privada do presidente relacionada com o percurso portista até à vitória sobre o Bayern.

Epicentro programático do Museu até ao final do mês de agosto e com entrada livre, a exposição temporária abre portas ao público no dia 22 de maio, integrando também a agenda do XIII Congresso Internacional de Futebol do Instituto Superior da Maia, que este ano evoca o primeiro título europeu do FC Porto. No dia 27 de maio, data do 30.º aniversário da conquista da Taça dos Campeões, assinala-se a inauguração oficial da exposição com uma cerimónia muito especial na Sala Multiusos, onde regressa a área temática 28., pensada para desvendar mais história dentro e, até mesmo, fora do Museu.

 

Fonte: FC Porto

795 VISUALIZAÇÕES

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree