30 anos de Viena até Agosto no Museu

19 maio 2017
Publicado por 
Exposição temporária “V” abre ao público no dia 22 maio, na Sala Multiusos

A conquista da Taça dos Campeões Europeus de 1987 foi o maior acontecimento da história do FC Porto. Quando passam três décadas sobre a vitória do Dragão frente ao Bayern de Munique, a exposição temporária V – 30 Anos de Viena percorre o caminho azul e branco até à célebre final do “calcanhar de Madjer”. De 22 de maio a 27 de agosto, e com um olhar exclusivo para a coleção privada do presidente Jorge Nuno Pinto da Costa, a mais bela valsa de sempre descobre-se a partir da Sala Multiusos do Museu.


Interpretar a conquista em Viena é fugir ao circunstancial, porque a vitória portista sobre o Bayern não foi uma mera confluência de felicidades num jogo de tudo ou nada. Nesta exposição temporária, o Museu evidencia, precisamente, as etapas de um processo de cinco anos que resultou no erguer do troféu na noite mágica de 27 de maio de 1987.

A história iniciou-se em 1982, com a primeira eleição de Pinto da Costa como presidente do clube e a consequente ativação de um plano de gestão fundamental para um futuro sem precedentes na memória portista. O caminho para Viena foi um trajeto de importantes decisões, e descobri-las ou revê-las faz parte do processo interpretativo da campanha europeia de 1986/87.

Vitória, valsa, vanguarda, visão são palavras e conceitos presentes no discurso de V - 30 Anos de Viena, que leva à Sala Multiusos um olhar pormenorizado e vivo sobre os nove jogos realizados pelo FC Porto na Taça dos Campeões de 1987, mas sem dispensar a riqueza de uma visita à exposição permanente do Museu, onde o troféu conquistado há 30 anos faz parte da coleção dos sete títulos internacionais que se descobrem na área temática Brilho Universal.

V - 30 Anos de Viena estabelece ainda outras ligações à memória azul e branca, revelando peças saídas das reservas do Museu e, de um modo ainda mais exclusivo, uma seleção de objetos de Jorge Nuno Pinto da Costa. A exposição também é, assim, um olhar inédito para uma mostra da coleção privada do presidente relacionada com o percurso portista até à vitória sobre o Bayern.

Epicentro programático do Museu até ao final do mês de agosto e com entrada livre, a exposição temporária abre portas ao público no dia 22 de maio, integrando também a agenda do XIII Congresso Internacional de Futebol do Instituto Superior da Maia, que este ano evoca o primeiro título europeu do FC Porto. No dia 27 de maio, data do 30.º aniversário da conquista da Taça dos Campeões, assinala-se a inauguração oficial da exposição com uma cerimónia muito especial na Sala Multiusos, onde regressa a área temática 28., pensada para desvendar mais história dentro e, até mesmo, fora do Museu.

 

Fonte: FC Porto

DEIXE UM COMENTÁRIO

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree